MECÂNICA


 Formação dos times – 10 a 20 pessoas em média

  • Identificar dos líderes sociais;
  • Escolher uma ONG ou comunidade a ser beneficiada ao redor da empresa;
  • Visitar a organização – contato com representante;
  • Pesquisar necessidades;
  • Criar uma ação de 1 dia:

          - Objetivo
          - Atividades
          - Apoios necessários


  • Dividir tarefas e partir para a ação!


​​​​​​​ AÇÃO


  • Projeto simples e viável;
  • Não é permitido solicitar apoio em dinheiro;
  • Não é permitida criar vínculo político-partidário;
  • Envolva seus amigos e familiares;
  • Faça com o coração!


Ação de 24 voluntários no Asilo Zanan, que atende 68 idosos.


Tivemos uma grande surpresa ao ver a falta que faz nosso contato com a realidade de outros seres humanos. Estamos tão acostumados a movimentar grandes valores financeiros que esquecemos, muitas vezes, de movimentar nossos valores humanos. Não existe dinheiro que pague a experiência vivida neste domingo.”

Déborah Cantanho Duarte, Pulinvel



Ação de 10 voluntários no Abrigo Vovó Ilza, que atende a 30 adolescentes.


O Dia da Rede Ford Fazer a Diferença contou com colaboradores do grupo Caoa que se desdobraram em levar um sorriso para mães solteiras e seus filhos.

Eles necessitam não só do bem-estar material, mas de um carinho, um abraço…. sentimentos em que essas crianças não costumam receber. A colaboração do grupo Caoa foi muito importante porque os voluntários disponibilizaram um pouco de seu tempo para brincar com as crianças, cuidar dos cabelos e unhas das mães, tomar um café da manhã com humor e trazer alegria à Casa da Santa Fé. Quando posso ajudar o meu próximo, sinto-me como se estivesse ajudando a mim, acrescentando algo muito importante em minha vida. Foi um enorme prazer!”

Déborah Cantanho Duarte, Pulinvel



Ação de 52 funcionários voluntários no Asilo Azambuja, que atende 25 idosas.


Foi muito gratificante estar à frente do Projeto Um Dia Feliz por conhecer a real necessidade do Asilo de Azambuja. Ver a mobilização interna dos funcionários em prol das 25 senhoras atendidas pelo asilo deu uma sensação muito boa de constatar que o ser humano se preocupa com as necessidades do próximo. Fiquei comovida, no dia da entrega, quando uma senhora do asilo perguntou se nós tínhamos trazido papel higiênico. Respondi que sim; então, ela me abraçou e disse: '– Muito obrigada, querida. Desde ontem não temos mais papel higiênico. Que Deus a abençoe.'

Foi impossível não ficar com os olhos marejados. Fizemos a entrega dos donativos arrecadados e a emoção tomou conta de todos. Recebemos muitos beijos e abraços de gratidão. Em alguns momentos não deu pra conter a emoção, especialmente quando ouvíamos, atentos, as histórias de vida contadas por pessoas tão indefesas. Histórias de alegria e sofrimento se misturaram. Tivemos certeza, neste dia, que conseguimos fazer felizes pessoas que já não veem tanto brilho em volta. Parabéns à ABRADIF pela iniciativa, e podem ter certeza que estaremos lutando por um mundo melhor.

Célia Pellizzaro, Zenvel Veículos (Santa Catarina)

Depoimentos “Dia da Rede Ford Fazer a Diferença”

Mecânica e Ação

KIT "Dia de Fazer a Diferença"

Selo Social​​​​​​​

O que é e quem pode recebê-lo


O Selo social é uma certificação conferida a empresas de todos os portes, ramos de atuação ou regiões do país. Para receber esta certificação a empresa precisa ter ao menos um ano de funcionamento e realizado ações sociais para sua comunidade no último ano e se enquadrar como nas seguintes características:


  • Empresas privadas, públicas e de economia mista;
  • Micro e pequenas empresas;
  • Profissionais liberais que querem demonstrar seu compromisso social;
  • Cooperativas que desenvolvam atividades comerciais, como cooperativa agropecuária, de trabalho, de produção, de serviços, de saúde e de transporte.

Tipos de parceria


O Projeto Dia de Fazer a Diferença só consegue realizar sua missão porque conta com uma infinidade de pessoas, empresas e agências internacionais que são nossos parceiros. Faça você também parte deste grupo!  Você e sua empresa podem ser:


Parceiros Financeiros


Organizações privadas ou não governamentais que aportam recursos, serviços ou produtos. Serão classificados como ASSOCIADOS com um valor mensal, que lhes dará o direito de uso da marca e de receber consultoria de execução no projeto.


Parceiros Institucionais


Instituição privada, organização governamental ou não-governamental que realiza projetos em conjunto com o Projeto Dia de Fazer a Diferença, aportando recursos técnicos, contribuindo com conteúdo, reforçando a imagem do projeto, etc.


Apoiadores Institucionais


Instituição privada, organização governamental ou não-governamental que contribui para uma ou mais etapas do projeto realizado pelo Projeto Dia de Fazer a Diferença, aportando recursos técnicos, contribuindo com conteúdo, reforçando a imagem do projeto, etc.


Como adquirir o Selo


O Selo “Empresa Fazendo a Diferença” é conferido a empresas que abraçam esta causa. A concessão de uso da imagem do selo é dada para empresas que assumem os compromissos estabelecidos pelo Projeto “Dia de Fazer a Diferença”.  


Após o credenciamento, a empresa passa a pagar uma contribuição mensal para a manutenção das atividades administrativas da organização. Os valores dessa contribuição são estabelecidos de acordo com o porte da empresa. 


Credenciamento


Passos para o credenciamento no Projeto Empresa Fazendo a Diferença:


  • Conhecer os compromissos do Projeto e verificar se está de acordo.
  • Preencher a Ficha Cadastral.
  • Aguardar a análise do cadastro pela equipe do Projeto Empresa Fazendo a Diferença.
  • Assinar o Termo de Compromisso após aprovação do cadastro.
  • Após enviar o Termo de Compromisso devidamente assinado, a empresa receberá por e-mail a confirmação do seu credenciamento, com autorização para uso do Selo. Pelo correio eletrônico será enviado o kit de fidelização, contendo o selo Empresa Fazendo a Diferença e cartaz para divulgação dos compromissos junto aos seus colaboradores.
  • Após o credenciamento, a empresa pagará a taxa mensal para poder utilizar a marca do Dia de Fazer a Diferença enquanto for uma empresa associada.
  • A participação da empresa junto ao Projeto Empresa Fazendo a Diferença deve ser renovada anualmente, para continuar tendo direito de uso do Selo.

Dúvidas frequentes


- A empresa que realiza várias ações sociais pode usar o selo sem autorização formal?


O desenvolvimento de ações sociais é condição necessária, mas não suficiente para que a empresa possa utilizar o selo. A empresa deve atender todos os compromissos estabelecidos pelo Projeto Empresa Fazendo a Diferença e ter seu cadastro aprovado pelo Dia de Fazer a Diferença. Somente após esse processo é que a empresa recebe a autorização para o uso da imagem do selo. 


- A empresa cujas ações envolvam o Dia de Fazer a Diferença (ex.: Doação financeira para o projeto) podem usar o Selo sem autorização formal?


Não. Mesmo nesses casos as solicitações são submetidas a análise. As empresas devem aguardar a aprovação do Programa para que possam utilizar o selo. 


- Ações sociais realizadas em nome de dirigentes da empresa são consideradas válidas para que a empresa possa ser analisada para obter o Selo?


O Selo é destinado a empresas. Todos os critérios estabelecidos devem ser cumpridos pela pessoa jurídica. Ações sociais realizadas por pessoas físicas não são consideradas no processo de análise. 


Vantagens

​​​​​​​

  • 45% dos consumidores se lembram de uma empresa privada engajada;
  • 31% punem ou premiam empresas de acordo com o seu comportamento social;
  • O moral dos funcionários é 3 vezes maior em empresas que se comprometem a fazer ou participar em alguma atividade de ajuda comunitária;
  • 97% dos entrevistados afirmaram que programas de voluntariado aumentam o trabalho em equipe;
  • 87% dos funcionários sentem um senso de lealdade maior para as empresas que apoiam causas sociais.